VUCA

O termo VUCA, inicialmente utilizado em contexto de guerra no final dos anos 90, passou, nos últimos anos, a ser aplicado como uma ferramenta para compreender o cenário atual em que vivemos e auxiliar na criação de mecanismos de adaptação.

O acrónimo VUCA, na língua inglesa, ou VICA, em português, corresponde a:

  • (V) Volatility – Volatilidade
  • (U) Uncertainty – Incerteza
  • (C) Complexity – Complexidade
  • (A) Ambiguity – Ambiguidade

Estes conceitos servem, certamente, para caracterizar o mundo atual: onde tudo muda à velocidade da luz e com destino incerto, exigindo várias soluções para uma só questão.

Será também aplicável ao contexto empresarial? Um ambiente imprevisível, com frequentes mudanças, com uma pluralidade de fatores e situações complexas. Parece que sim…

De facto, o VUCA tem servido como guia orientador no trabalho, na forma de agir, pensar e interpretar o ambiente. No entanto, este termo demonstra ser pouco “people-oriented” e mais direcionado para os negócios e para a economia, com pouco foco na evolução e transformação das pessoas.

Num ambiente cada vez mais tumultuoso, onde as pessoas se sentem progressivamente mais ansiosas e fragilizadas, parece que o VUCA já não é tão eficaz para o caracterizar.

BANI

Em 2020, com o grande contributo da pandemia, passamos de um contexto VUCA, para um mundo BANI:

  • (B) Brittle – Frágil
  • (A) Anxious – Ansioso
  • (N) Non- linear- Não- linear
  • (I) Incomprehensible- Incompreensível

Mesmo que à superfície as pessoas demonstrem estar bem, no seu interior encontram-se fragilizadas e altamente ansiosas. Logo, há uma tendência para se evitar confrontos e tomadas de decisão.

Paralelamente, as mudanças que temos assistido recentemente não parecem seguir um sistema linear, acabando por acontecer de forma caótica e impossibilitando a previsão dos acontecimentos. A isto acresce o facto de que os dados que nos chegam hoje, muitas vezes carregados de ruído e ambiguidade, afetam a nossa capacidade de interpretar o mundo à nossa volta, que se torna cada vez mais incompreensível.

Apesar da perspetiva mais derrotista do BANI, este acaba por estar mais em conformidade com a realidade e nos auxilia a olhar de modo objetivo para o que temos ao nosso redor, de forma a escolher o melhor caminho a seguir.

O BANI é mais direcionado para a verdade e mais focado nas pessoas, no funcionamento mental, relacional e emocional, permitindo identificar mais rapidamente o que está a acontecer à nossa volta e porquê.

Assim, num mundo BANI, devemos observar, de forma segura e flexível, o mundo que nos rodeia, sem descuidar de nós próprios.

Para combater a fragilidade e ansiedade, devemos investir na resiliência e praticar empatia e atenção plena. Em concordância, para dar a volta aos contextos pouco lineares e incompreensíveis, é preciso focar na adaptabilidade, verdade e transparência.

TETRIS

Neste sentido, temos de reaprender a jogar o tão icónico TETRIS, ou seja, alcançar a melhor e mais eficaz combinação de formas para seres bem-sucedido e avançar de nível. No entanto, no caminho irão aparecer peças que não consigas utilizar porque não se encaixam nos teus novos contextos, cenários, pessoas ou desafios.

Ser um profissional que domina esta nova forma de jogar TETRIS, impõe a sincronização de Head, Heart e Hands. Num contexto BANI, o modelo de transformação dos 3H’S (head, heart e hands), dá-nos insights para:

– Imaginar o futuro e explorar as possibilidades do presente, de modo a definir metas e alinhar as nossas capacidades para melhor desenhar o nosso caminho (Head);

– Sentir vontade e energia para enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades do dia-a-dia (Heart);

– Trazer ao mundo as mudanças que procuramos, através de ações concretas (Hands).

Deste modo, este modelo prima por uma abordagem equilibrada, disciplinada e integrada, que visa uma melhoria da performance e dos resultados, através das novas oportunidades e aspirações que surgem quando o foco está nas emoções e nos processos da mente.

Na U-Qualify, fazemos de tudo para que estejas preparado para um futuro incerto e pretendemos construir, contigo, o teu caminho rumo ao sucesso.

Ajudamos-te a colocar em prática estas abordagens para contornar os efeitos de um contexto BANI e a desenvolver táticas de TETRIS. Vê as nossas opções desenhadas a pensar em ti e nas tuas necessidades aqui.

Tens interesse por este tema? Consulta também:

Learn to learn num mundo cada vez mais VICA: as competências com maior relevância.