Sabias que existem sete tipos de inteligência? Sabes qual é a mais predominante em ti? Se a resposta é não, nós ajudamos-te a descobrir.

Durante os séculos XIX e XX, o conceito de inteligência estava restrito ao teste de Quociente de Inteligência (QI), onde eram aplicados uma série de exames para constatar a capacidade lógica matemática. No final, chegava-se a um número (quociente) que representava o nível de inteligência da pessoa. Ao longo do tempo o número caiu em descrédito porque nem sempre as pessoas com as melhores classificações na escola e na faculdade detinham os melhores desempenhos em diversas áreas da vida. Mais tarde, um psicólogo apresentou o conceito de que pessoas possuíam diferentes tipos de inteligências.

Howard Gardner e os sete tipos de inteligência

O psicólogo cognitivo e educacional Howard Gardner é conhecido pela sua teoria sobre inteligências múltiplas. Gardner começou por observar que as aptidões intelectuais lógico-matemática não eram o único tipo de inteligência que alguém poderia ter. Assim, refutou a ideia de que analisar apenas o conhecimento cognitivo e lógico-matemático seria o suficiente para medir as reais competências e habilidades do indivíduo.

Partindo dessa premissa, Gardner desenvolveu a ideia de existem tendências individuais e áreas onde somos mais competentes. Assim, aplicou pesquisas e testes que chegaram a conclusões de que existem, na verdade, sete tipos de inteligência.

Inteligência Linguística

Facilidade de expressão, tanto oralmente como na forma escrita, é uma característica marcante de quem possui este tipo de inteligência. Estas pessoas dispõem de um alto grau de atenção e enorme sensibilidade para compreender diferentes pontos de vista de um mesmo ângulo.

Inteligência Lógica

Encontrar uma solução para problemas complexos, dividindo em etapas menores para depois ir resolvendo cada um deles – até chegar à resposta final. Este é um caminho lógico para quem possui esse tipo de inteligência. Alta capacidade de memória, facilidade com números, disciplina e organização são outras características comuns presentes nesses indivíduos.

Inteligência Motora

Ampla noção de espaço, distância e profundidade, o que se traduz num enorme talento para a expressão corporal. Pessoas com este tipo de inteligência possuem maior controle sobre o corpo, sendo capazes de realizar movimentos complexos, com enorme precisão e facilidade, como é o caso dos atletas de alta competição.

Inteligência Espacial

A criatividade e a sensibilidade acompanham quem tem esta inteligência acentuada. Assim, possuem enorme facilidade para criar, imaginar e desenhar imagens 2D e 3D. Além disso, detém grande capacidade de criação e apresentam um enorme talento para a arte gráfica. Em resumo, quem possui elevada inteligência motora tem a capacidade para imaginar, criar e ver as coisas de forma mais desenvolvida.

Inteligência Musical

Grande facilidade para escutar músicas ou sons em geral e identificar diferentes padrões e notas musicais. Esses são os dons de quem tem esta inteligência mais desenvolvida: conseguem ouvir e processar sons além da média. São muito criativas e capazes de criar novas músicas e harmonias inéditas.

Inteligência Interpessoal

Pessoas com inteligência interpessoal são líderes natas. Geralmente são extremamente ativas e causam uma grande admiração nos outros. São consideradas líderes práticos, aqueles que chamam a responsabilidade para si. Normalmente, são calmas, diretas e possuem uma enorme capacidade de argumentação.

Inteligência Intrapessoal

Este tipo de inteligência também está ligado à liderança. Contudo, ao contrário dos interpessoais, que são ativos, os líderes intrapessoais são mais reservados. Estes possuem uma enorme facilidade para entender o que as pessoas pensam, sentem e desejam, estes indivíduos lideram de um modo mais indireto, através do carisma.

Posteriormente, Gardner acrescentou à lista duas outras inteligências: 1) Natural (reconhecer e classificar espécies da natureza) e 2) Existencial (refletir sobre questões fundamentais da vida humana). Também agrupou a inteligência interpessoal e a intrapessoal numa categoria.

Para descobrir qual o tipo de inteligência mais predominante em ti, lançamos-te o seguinte desafio: estimula todos os tipos de inteligência com exercícios práticos, depois vai tomando consciência com que práticas te sentes mais confortável e com maior rendimento. Assim, vais conseguir perceber qual o tipo de inteligência ou quais os tipos de inteligência que estão mais presentes no teu dia-a-dia. Sim, porque todos nós temos todas as inteligências elencadas, o que acontece é que temos sempre algumas delas mais desenvolvidas em relação às restantes.

O autoconhecimento, sobre qual o tipo de inteligência mais predominante, vai ajudar-te a identificares a área profissional onde gostarias de atuar e consequentemente a potenciar as tuas competências técnicas e pessoais proporcionando-te mais bem-estar.

Descobre como podes potenciar o teu autoconhecimento com o coaching.